Exclusivo: Prefeito de Carutapera enfrenta greve antes de um ano de governo e mais uma vez a história se repete

 

Em Assembleia Geral realizada nesta terça-feira, 01 de agosto, professores da cidade de Carutapera-Ma, decidiram deflagrar Greve em decorrência da falta de diálogo da Gestão Municipal com o Sindicato que representa a categoria, SINTEP/CARU.

Os professores exigem que a Prefeitura faça um acordo documental para que seja transformado em abono salarial, 60% dos recursos do FUNDEB, que o Município receber a mais que a previsão já estabelecida para este ano.

A categoria já abriu mão de pleitear o reajuste salarial, em decorrência da diminuição da previsão dos recursos deste ano em relação a 2016. No entanto, o Sindicato percebeu que os valores do FUNDEB que estão sendo disponibilizados para o município, estão muito além da previsão. E, como o Prefeito André Dourado se negou a dar o reajuste, os professores propuseram que fosse pago o abono, usando apenas 60% do valor que ultrapassar a previsão do FUNDEB.

No início das discussões, o Prefeito tinha concordado com essa proposta e depois, sem explicar o motivo, voltou atrás e agora, não quer dar nem o aumento e nem o abono.

Os professores estão indignados com essa postura do Prefeito, que tem demonstrado desprezo pela valorização da categoria e acima de tudo, tem tomado atitudes que criam um clima de conflito entre os Educadores e a Prefeitura.

A greve anunciada hoje, deve se iniciar na segunda-feira, 07/08. A categoria anunciou que tem meios para mobilizar a comunidade e com isso, deverá esclarecer para a população os motivos da paralisação.

Os professores ainda denunciam uma série de tentativas de retaliação aos profissionais, promovido pela Gestão Municipal, o que deixa a categoria ainda mais motivada para lutar pelos seus direitos.






Por Alisson Gomes